18 de abr de 2014

WARZOO

A história:
Cansados de serem maltratados e explorados pelos fazendeiros, os animais se unem em busca de seus direitos, como numa verdadeira revolução socialista! Constroem juntos um moinho, simbolo de sua luta, criam um código de ética, passam a viver em comunidade, liderada pelos porcos. Mas nem tudo são flores, e logo o domínio dos porcos é questionado devido ao abuso de poder, e a fazenda entra em declínio.

Essa é a premissa da história escrita por George Orwell na década de 40, e que permanece atual. Warzoo é uma paródia dessa história, num cenário algum tempo depois, quando o declínio dos porcos deu espaço para uma nova liderança, os ornitorrincos. Animais exóticos com características de várias espécies (bico e pés de pato, pêlos, veneno, etc), eles acabam por conquistar a confiança dos bichos que se identificam em algum ponto. Assim, surgem duas frentes de poder em busca pela soberania da fazenda.

Objetivo: 
Vencer a maioria das batalhas e dominar a fazenda.

Componentes: 
- 64 cartas (2 decks, cartas de cenário e silo)
- 2 cartelas de marcadores
- 1 manual de regras
- 3 cartas de ajuda

O destaque dos componentes fica por conta da arte sensacional de Daniel Araújo, seu primeiro trabalho como ilustrador de jogos e de Marcelo "Groo". Cada personagem possui características e personalidade, além de um traço marcante.

O jogo:
Warzoo possui três modos de jogo, básico (infantil), médio (casual) e difícil (para os viciados em estratégia), mas as regras básicas são as mesmas, o que difere é a entrada de uso de poderes e cenários que alteram a rejogabilidade.

Com uma linha limítrofe entre os jogadores, estes devem se preparar para 5 rodadas de batalhas, cada um
com sua facção, aliados dos porcos ou dos ornitorrincos.
Cada jogador selecionará cinco cartas de seu deck de 25 e as colocará de cabeça para baixo na linha de frente. São cinco posições, representando cinco cenários da fazenda.
Uma a uma, elas serão reveladas, na ordem a ser escolhida pelo jogador que estiver com a vantagem da vez. Sendo bastanteeeeee simplista, é como ter a carta maior, se um jogador coloca 10 e o outro uma carta de valor 8, o primeiro leva aquela batalha e escolhe qual a próxima carta que será aberta.

Assim, não basta selecionar quais as cinco cartas da rodada, mas é preciso levar em conta a posição em que elas serão colocadas e em qual ordem serão reveladas, pois há vários fatores que influenciam: valor da carta, poderes, cartas que alteram rodadas anteriores, carta do avatar, carta do jogador, poder de munição, e o fator humano (como pensa o adversário). Exceto no modo infantil, nos outros dois modos de jogo, tudo isso é fundamental. Existem cartas que interferem nas adjacentes, nas do turno anterior, nas suas, nas do adversário e por ai vai. A combinação de fatores é enorme e é justamente o que dá a dificuldade e o desafio ao jogo.

O grande trunfo do jogo é saber "ler" o adversário e antever suas possíveis jogadas, o fator humano, como gosta de dizer Fel Barros. O autor é um mestre nessa arte. Em partida teste entre nós dois, não me envergonho de dizer que tomei uma bela "surra" e pude aprender um pouquinho com ele sobre as artimanhas do Warzoo. Tirando a primeira rodada que venci, as seguintes foram um espetáculo a parte do Fel, antevendo cada carta que eu jogaria! Derrota honrosa para o mestre!

A rodada é vencida por aquele que tiver a maioria das vitórias individuais, isto é, quem tiver conquistado mais cenários naquela rodada. Caso haja empate, quem tiver vencido a 1a. batalha leva tudo. Essa dinâmica se repete numa melhor de cinco até se definir o vencedor.

Estão previstos novos baralhos de personagens para incrementar o jogo no futuro, mas, por hora, a versão base já garante muitas e muitas rodadas de diversão.

Para aqueles que gostam de mensagens subliminares, vários personagens possuem referências a ícones do cinema e dos quadrinhos. Uma boa diversão é tentar adivinhá-las!

Financiamento coletivo:
O jogo está em processo de captação de recursos e no primeiro dia já arrecadou a meta básica, garantindo a sua produção. Através desse financiamento, várias cartas extras poderão ser produzidas.
Término do financiamento: 11/05/2014

Confira nossa entrevista exclusiva com o autor sobre a criação e produção do jogo AQUI!


LINKS:
Página do Catarse: http://catarse.me/pt/warzoo
Página no Facebook: https://www.facebook.com/TheWarzoo
Página no BGG: http://boardgamegeek.com/boardgame/54541/warzoo

FICHA TÉCNICA:
Autor: Fel Barros
Designer: Marcelo "Groo"
Ilustrações: Daniel Araújo
Ano: 2014
Jogadores: 2 e 4
Duração: 30 min
Editora: Ace Studios


Nenhum comentário:

Postar um comentário