18 de fev de 2012

Tesouros dos Sótãos

Esta semana estive visitando nossa amiga desbussolada Fabi, e entre uma fofoca e outra, eis que descobrimos perdidos no "sotão", este que já é um cômodo perdido em si mesmo, alguns velhos tesouros. E como toda boa história de aventura, em que outro lugar poderíamos ter encontrado esse mapa com o x que marca o tesouro?

Tudo bem que o sótão não era de verdade, em nossa época em que imperam os apartamentos nos lugares das casas, e o dito cujo era o topo de uma estante num escritório... mas, o que seria de nós sem nossa imaginação? Então, voltando a nossa história de aventura, subimos a escada de corda, sopramos a poeira e encontramos o baú. Com muito cuidado o descemos, e juntas, carregamos para um local mais iluminado. Os olhos das duas brilhavam de ansiedade do que podiam encontrar, e então, após decifrarmos o código que selava o tesouro, um a um, os dobrões foram sendo retirados e reluziram novamente à luz do dia.

No inventário da rainha mineira Fabi, conseguimos listar os seguintes jogos completos: Diplomacia, Jogo da Vida, 2 caixas de War II, Espião, Archimedes, Conquistando os Planetas. Algumas peças estavam avariadas, como coroas quebradas e jogos apenas com tabuleiros, como Detetive, Scotland Yard, e Viagem (Série Brasil), identificado pelo amigo da BG-RJ Fábio Tola (valeu!)

Alguns dos jogos resgatados
Viagem (Série Brasil), um dos que encontramos só o tabuleiro.
Mas o tesouro foi encontrado em território da Governadora (casa da tia Dalva) que alegava pertencer a sua filha, a corsária das 7 Ilhas, Fernanda. Após extensas negociações, a herança foi doada em caráter de matéria de troca (de favores futuros) a rainha Fabi. Esta, como seu primeiro decreto, declarou que era preciso avaliar a fortuna, e entrei como tesoureira na jogada, ou seja, foi dado início a jogatina real :P

Caimos dentro dos jogos, um atrás do outro, tirando o Jogo da Vida e o War, não conhecíamos os outros. E como o Diplomacia prometia algumas horas de jogo, fomos para os titulos mais obscuros.

 ARCHIMEDES
2 a 4 jogadores / +8 / 30 min

Jogo abstrato de controle de área e colocação de peças, cujo objetivo e impedir que o adversário de movimente. A versão do jogo é bilingue, e traz regras para uma partida simples (até demais) e avançada (chamada de "profissional"). 
Foram duas partidas, uma com cada regra, e em ambas a Fabi conseguiu me dominar fácil. Alias, sempre tenho  desvantagem nos abstratos com a Fabi :P

Este jogo me lembrou muito o "Quatro Elementos" do amigo Lucio Abbondati, que traz a mesma mecãnica, mas com um design muito mais caprichado dentro do tema magia.

 ESPIÃO
 2 a 4 jogadores / +7 / 45 min

 Espiões invadem as embaixadas de vários países em busca de um conjunto de informações ultra-secretas. 

Jogo super simples de coletar componentes, com um fator sorte altissimo e uma aleatoriedade que impera até nos enlouquecer! Foram duas partidas com dois jogadores, e ficamos com a sensação de que com os 4 jogadores totais, iriam todos pro hospicio. Tudo isso porque, o jogo consiste em reunir 4 pistas iguais (entre microfilme, circuito, átomo, fórmula) que se encontram em cada embaixada. O agravante é não saber qual conjunto o adversário está fazendo, e que as peças retornam para o tabuleiro, fazendo você andar em círculos, várias vezes. (Não vou nem entrar no mérito da mudança de opinião, e recomeçar a coleção 3 vezes). Até que o jogo termine por algum golpe de sorte.

detalhe do tabuleiro e componentes.

De inovação somente a tentativa de trazer novos componentes que aproximem a sensação de espionagem. Folhas de aluminio devem ser usadas como espelhos para a leitura das fichas que vem escritas de traz para frente, mas não cumprem a função, pois vê-se apenas um borrão.

CONQUISTANDO OS PLANETAS
3 a 6 jogadores / +12/ 180 min

Conquiste os planetas, domine os satélites e estrelas, destruindo naves e mísseis adversários.

 Partimos para o último jogo, uma espécie de War simplificado versão espacial. Não sou fã de jogos de guerra, e invariavelmente ele traz problemas. Com este não foi diferente. 

tabuleiro com o sistema solar
Cada jogador recebe uma carta com duas opções de missões a serem cumpridas, a primeira pede que domine determinados planetas e satélites, a segunda, mais bélica, pode pedir que destrua um adversário. Amigavelmente, tentei cumprir a primeira opção, que nem era muito dificil, apesar de todas as minhas unidades estarem no lado oposto do espaço, encaminhava-me para os planetas de destino. Mas eventos inesperados começaram a destruir as minhas naves, sem as quais não tinha como cumprir a missão. Sem conseguir resgatá-las, por três vezes me senti tentada a assumir a segunda opção: destruir minha adversária vermelha, a Fabi. Não foi fácil, não destruir suas naves/mísseis, mas aguentá-la me xingando por mais de uma hora por atacá-la sem motivo. Ficou de bico o tempo todo, aiai. Mas não tinha jeito, a partida já passara de uma hora fácil, e parecia não termianr nunca, minhas naves não voltavam nem com reza braba, e engatei de vez na missão de destrui-la para acabar com a partida. Só então pude esclarescer que minha missão era destrui-la, e não havia feito isso só por diversão. É o tipo de partida que você ganha e ainda se sente mal, definitivamente, não é minha praia, melhor voltar pros econômicos :P

Vale fazer a ressalva que este jogo é da Copag, numa época em que investia em jogos intitulados inteligentes, e realmente o eram, além de educativos. Pena que  tenha passado os últimos anos focando apenas em baralhos personalizados. Parece que agora está retomando o investimento em novos jogos, com produção própria ou parceria com outras empresas.

Aproveitando a deixa, me chamou a atenção as caixas do War e do Diplomacia que traziam o texto "Jogos para Adultos". Parece que nossa indústria já trilhou caminhos mais definidos que a máxima "brinquedo é pra criança" e "jogos são brinquedos".



A caçada terminou, apesar dos ânimos em guerra, com o saldo positivo da descoberta dos jogos. Quem sabe agora você não se anima a procurar ai no seu "sótão" alguma reliquia perdida? A recompensa é sempre divertida ;)



Um comentário:

  1. Bom dia! Caso alguém tenha o jogo "Conquistando os Planetas", mesmo faltando peças, tenho interesse em comprar o mesmo caso o valor esteja acessível. Por favor entre em contato. alelaham@bol.com.br. Obrigado.

    ResponderExcluir