11 de set de 2011

Independência Desbussolada


Depois de um pequeno jejum, nada como comemorar a volta num feriado, com jogos e bons amigos. Desta vez, a anfitriã foi a Lu, abrindo as portas para niteroienses e cariocas, numa tarde com cardgames, pizza, feijões e explorações por mar e terras antigas.

Enquanto o pessoal não chegava, entre um abraço e outro na Mel, uma gata fofa e mascote do dia,  eu e Lu jogamos duas partidas rápidas de Mamma Mia e uma de Coloretto.

Mel, a mascote do dia.


Mamma Mia
2 a 5 jogadores / +10 / 30 min




Cada jogador é um pizzaiolo, e recebe oito pedidos de pizza. Os ingredientes são colocados no centro da mesa por todos os jogadores numa única pilha e os pedidos entregues quando achar que tem ingredientes suficientes. Mamma Mia! Será que conseguirá atender a todos? Quem conseguir acertar mais pedidos vence.


Jogar cara a cara com a lenda não é fácil, ela não deixa passar nem uma azeitona. Mas não é que o destino foi generoso?
Foram duas partidas disputadas e com o mesmo resultado:
          
Rê: 5 pts
Lu: 4 pts


Em seguida, uma partidinha de Coloretto, que já virou “entrada” obrigatória dos encontros. Daniel Ballard chegou pra nos fazer companhia, e fechamos a partida com outro placar apertado.

Rê: 30 pts
Lu: 28 pts

Enquanto esperávamos o restante do pessoal, armamos uma mesa de Endeavor, chegaram Marcos, Tiago e Paula e começamos uma partida de Citadels. Marcos, como sempre, declarando guerra a minha pessoa antes do jogo começar, e não é que o maledeto me assassinou na primeira rodada? Ninguém respeita um mercador :P Mas abandonamos a partida quando o restante da turma chegou, Samuca, Dani e Zé. Dividimos o grupo em dois.

Eu, Lu, Zé e Paula fomos para o Endeavor; Marcos, Samuca, Dani e Tiago foram para o Tigris & Euphrates. Queria tê-lo jogado, mas estava seca pelo Endeavor há algum tempo e precisava jogá-lo antes de esquecer as regras. Dani Ballard deu uma ajudada para lembrar dos detalhes antes de ir embora.

Endeavor
3 a 5 jogadores / +12 / 90 min

  

“Um jogo de exploração do mundo com construção de império, em que o jogador representa um império europeu colonizando o Mediterrâneo e embarcando para todas as partes do mundo para aumentar a glória do império e o status da indústria, cultura, finanças e política.”


Gosto muito desse jogo (não é a toa que ele está representado no nome do blog). Suas regras são simples, mas exige bastante atenção. Sem falar que é de navegação e um belo mapa dos continentes. Lu e Daniel já haviam jogado e tinham uma impressão não muito boa do jogo, para Zé e Paula era a primeira vez. Mas a partida começou quente, com o estouro de canhões já no segundo turno, anunciando que a partida teria muita pólvora no ar (sem falar nos insultos mútuos e apelidos “carinhosos” que foram surgindo).

Endeavor no meio do jogo.

Enquanto Lu e Paula se degladiavam pelas cidades européias, Zé deslanchava na navegação, descobrindo novas terras e governando novos continentes. Minha atuação estava sofrível, e tive a menor quantidade de cidades do grupo (3, se não me engano). Até minha última compra de cartas foi por água abaixo, pois Luciana, num momento reacionária, libertou todos os escravos, me arrancando um precioso ponto de vitória.

Paula concentradíssima pensando (...) nas suas jogadas.

A contagem dos pontos foi emocionante. Na primeira disputa, cabeça a cabeça, ficaram Zé e Lu, e, para minha surpresa, eu ainda tinha condições de disputar o 3º lugar, o que me rendeu uma alegria inesperada!
Placar final:

Zé: 46 pts
Lu: 45 pts
Rê: 35 pts
          Paula: 34 pts

Lu e Zé tramando suas vitórias!


Tigris & Euphrates
2 a 4 jogadores / +8 / 90 min

 “Comande uma jovem dinastia na fértil Mesopotâmia.
Esforçe-se para desenvolver e controlar as mais vibrantes culturas na rica terra entre os dois rios. Crie o melhor balanço entre mercados, templos, colônias e fazendas, enquanto você e seu povo tentam forjar sua própria nova civilização e dominar os famosos vales do Tigris e do Eufrates.”

Lindo tabuleiro do Tigris.

A mesa dos meninos estava disputada, enquanto seus monumentos eram alocados no mapa.  Mas pareceu ser uma partida mais pacifica que a nossa. Terminaram um pouco antes com o resultado:

Dani, Samuca, Marcos e Tiago na Mesopotâmia.

 Marcos: 10 pts
Tiago: 8 pts
Samuel: 6 pts
           Daniel: 0 pt

Partimos para um último jogo. Dani queria estreiar seu Bohnanza, então fomos plantar uns feijões.

Bohnanza
2 a 7 jogadores / +8 / 45 min





Somos plantadores de feijões, de todos os tipos. Mas somente podemos plantar dois tipos por vez e depois vendê-los. Para facilitar as plantações o jogo possibilita uma extensa negociação entre todos os jogadores. Ganha aquele que terminar com mais moedas.



Um jogo com desenhos divertidos e que arranca boas risadas e faz amigos e inimigos durante o jogo, dependendo de quão sério você leve as negociações. Quem quer um Chili Bean por um Soy Bean, ou um Wax Bean por Red Bean? Quem der mais leva!

Marcos e Tiago partiram pra negociação agressiva. Zé, com seu jeito irreverente, doava até feijões cremosos. Lu estava fazendo o tipo boazinha (desconfie! Mas não posso me queixar.). Samuca e Paula pareciam saber o que faziam. Só eu e Dani estávamos mais quietos. Eu confesso que só comecei a me entender com os grãos no meio da partida que estava cada vez mais calorosa, e a regra de negociações paralelas já tinha ido pro espaço, rolando doações em troca de favores futuros. Até a mãe alheia foi posta em troca, que pecado, gente! XD

Placar final:
Zé e Lu: 12 pts
Paula: 11 pts
Rê, Samu e Marcos: 8 pts
           Dani e Tiago: 5 pts

Atendendo a pedidos, entregamos o troféu "Ovelha Desbussolada" ao Zé Alexandre pelo grande destaque na Jogatina da Independência e comemorando sua chegada vitoriosa aos jogos de tabuleiro!


Enquanto a comida dos jogos era virtual, os M&Ms engordativos eram de verdade. (mérito do cretino do Zé Alexandre que leva salada de fruta porque está de dieta e maltrata os amigos com amendoim, valendo também para o senhor Marcos :P) Não preciso dizer que não sobrou nenhum pra contar história, né?

A prova do crime e o culpado.

Aproveito a data para dar os parabéns ao meu querido amigo Lucio Abbondati, criador de jogos, que fez aniversário na última quinta-feira. Muitas felicidades e muitos e muitos jogos de vida!

Ótima tarde, muitíssimo divertida! Obrigada a todos que estiveram lá, principalmente a Lu, novamente, por ceder o espaço. Até a próxima.

PS. gostei desse negócio de troféu! O próximo já está separado aqui com o nome da Fabiana!


2 comentários:

  1. Adorei meu troféu!

    @sigamoze

    ResponderExcluir
  2. Oi Renatinha!! Tudo bem? Indiquei o desbussolados para um meme e um selinho!! Depois dá uma olhada: http://flordemoranguinho.blogspot.com/2011/09/selinho-adoro.html

    ResponderExcluir